Sabedoria em um blog!

Category: Geral (page 1 of 1)

Veja como tratar a queda de cabelo com o uso do Minoxidil

É um suplemento em forma de cápsulas ou loção que ajuda a combater a queda de cabelos.

O seu modo exato de ação não está bem estabelecido, uma vez que foi originalmente desenvolvido para a tensão arterial elevada.

Minoxidil

 

Foi simplesmente notado, por acaso, que estimulava o crescimento do cabelo.

É possível que melhora a circulação sanguínea local ao provocar a dilatação dos vasos, mas outras hipóteses foram avançadas.

Funciona mesmo?

Embora os resultados do minoxidil em diferentes pacientes sejam diversos e variados, não há dúvida de que o tratamento com minoxidil dá resultados visíveis sobre a alopecia androgênica.

É importante salientar, no entanto, que o minoxidil não faz crescer cabelo novo, mas estimula enormemente os bolbos.

Não veremos, portanto, o cabelo cresce em áreas onde os bulbos já não estão ativos.

Mas veremos que os que estão ativos aumentam de tamanho e os que estão enfraquecidos e quase imperceptíveis irão crescer e aumentar de volume com o tempo, ao mesmo tempo que aumenta a sua densidade.

Como ele age?

Diz-se que o minoxidil atua graças ao seu efeito vasodilatador que promove a vascularização da raiz folicular, aumentando assim o fornecimento de oxigênio.

Mas em testes com outros vasodilatadores, os resultados foram inconclusivos, veja aqui os benefícios do minox. Portanto pode deduzir-se que não é a ação do vasodilatador que faz crescer o cabelo.

O que é certo é que, como tratamento, o minoxidil prolonga a sobrevivência dos queratinócitos e estimula a reprodução dos bolbos capilares.

Atualmente, presume-se que o minoxidil atua estimulando a abertura dos canais de potássio, impedindo que o cálcio (que envia o sinal para os folículos para parar o crescimento) entre diretamente nas células.

É também possível que seja a combinação das duas coisas, trabalhando em sinergia, que faz crescer o cabelo. Bloqueio do cálcio mais ação vasodilatadora.

No entanto, o seu mecanismo de ação ainda hoje está a ser estudado.

Efeitos colaterais

É sabido que todos os medicamentos podem causar efeitos secundários indesejáveis e o Minoxidil não é uma excepção.

Entre os efeitos secundários do minoxidil pode-se destacar alterações no crescimento do cabelo, crescimento excessivo do cabelo, ligeiro aumento de peso, náuseas e vômitos.

Reações adversas em mulheres

Um dos efeitos secundários do tratamento da calvície com Minoxidil é o crescimento do cabelo em áreas indesejadas como o rosto ou o peito, especialmente nas mulheres.

Alguns pacientes podem também notar um alongamento, engrossamento e pigmentação do cabelo. Estes efeitos secundários são visíveis de 3 a 6 semanas a partir do início da terapia.

Outro efeito secundário que é especialmente irritante para as mulheres é o aumento da retenção de água e sal, um edema temporário desenvolvido em 7% dos pacientes.

Reações de hipersensibilidade como o contato, dermatite ou bulbosa, erupções cutâneas, e síndrome de Stevens-Johnson desenvolvem-se em menos de 1% dos doentes.

Como tomar

Aplicar uma dose de 1ml duas vezes por dia no couro cabeludo, a partir do centro da área a tratar.

A dose diária não deve exceder 2ml, independentemente do tamanho da área a ser tratada.

Espalhar o produto com a ponta dos dedos para cobrir toda a área a ser tratada.23 de Novembro de 2020.

Como funciona o curso de letras?

Se você está prestes a ingressar no ensino superior e gostaria de saber mais sobre a graduação em letras, este texto foi feito sob medida para você.

A faculdade de letras pertence à área de Ciências Humanas, e tem como objetivo principal promover o estudo da língua portuguesa e sua literatura. Em alguns casos, ela estuda também outras línguas, como por exemplo o inglês e francês, suas linguísticas e obras literárias.

Desta forma, podemos dizer que a licenciatura em letras abrange as áreas da Linguística, dos Estudos literários, dos Estudos Culturais, da História e da Filosofia.

As habilitações no curso de Letras se dividem em clássicas, que compreendem os estudos de línguas como o grego e latim; e modernas, que abrangem inglês, espanhol, francês, alemão, italiano, etc.

Para se tornar um letrólogo, que é a nomenclatura obtida por quem se forma nesta área, é preciso frequentar um curso de letras ead ou presencial, com duração de quatro anos e cerca de 3.200 horas curriculares.

Quem deseja ingressar nessa faculdade precisa manifestar interesse pela leitura, pela escrita e também por novas culturas, já que estes são elementos básicos do curso.

 

Grade curricular do curso de letras – português

Como se pode imaginar, a grade curricular do curso de letras é bastante teórica. Nela estão incluídas as disciplinas e conteúdos de História da Educação, Prática Textual em Língua Portuguesa, Formação Docente para a Universidade, Filosofia da Educação, Libras – Língua Brasileira de Sinais, Sociologia da Educação, Teoria da Literatura, Psicologia da Educação, Políticas Educacionais e Organização da Educação Básica, Didática, Educação e Ludicidade, Currículo e Planejamento da Educação Básica, Fundamentos da Educação Especial e Inclusiva, Educação Ambiental e Cidadania, Fonética e Fonologia, Direitos Humanos e Relações Étnicos-Raciais, Introdução à Linguística, Estudos Morfossintáticos, Literatura Infantil, Fundamentos Teóricos e Práticos do Ensino da Língua Portuguesa, Literatura Brasileira, Transversalidade na Educação, Fundamentos da Formação do Leitor Literário, Alfabetização e Letramento: desenvolvimento e apropriação, Literatura Infanto-Juvenil, Avaliação da Aprendizagem, Literatura Portuguesa, Estilística e Semântica, Gestão Educacional, Direitos Educacionais da Criança e do Adolescente, Literatura Portuguesa e Luso-Africana: moderna e contemporânea, Métodos e Técnica de Pesquisa, Oficina de Produção de Textos e Revisão de Textos.

 

Além do estudo dessas disciplinas, para obter o diploma, o estudante deverá ainda frequentar o estágio supervisionado e realizar a entrega e apresentação do trabalho de conclusão de curso – TCC, de acordo com o exigido no conteúdo programático da instituição.

 

Área de atuação do profissional graduado em Letras

Quem se forma na faculdade de letras tem uma área de atuação muito ampla, que acaba não se restringindo apenas ao ambiente acadêmico. Sendo assim, considerando as atuações fora deste ambiente, podemos dizer que o letrólogo tem espaço garantido nas áreas de editoração, interpretação, revisão, tradução e produção textual.

No ramo de editoração, o letrólogo pode atuar com a edição de textos de todos os formatos e gêneros, adaptando o conteúdo para publicação e satisfazendo as exigências do cliente, ao mesmo tempo em que atende a área de revisão, corrigindo erros ortográficos, gramaticais, bem como a estrutura do texto. Não raro, os profissionais deste ramo têm acesso aos livros antes mesmo da sua publicação oficial!

Com relação ao trabalho de tradução, o graduado pode garantir sua vaga no mercado traduzindo textos em idiomas estrangeiros de materiais como livros, manuais, filmes, documentos e outros.

No campo das letras, outra área muito requisitada é a interpretação, onde o profissional poderá exercer sua função e ser responsável por traduções simultâneas que, geralmente, acontecem durante congressos, conferências e eventos culturais. Pouca gente sabe, mas por exigir muita responsabilidade esta é uma das atuações destinadas aos letrólogos, já que eles possuem o domínio de dois idiomas distintos.

Quanto à produção textual, é possível se realizar escrevendo, seja por conta própria, seja para agências. Nessa área é comum a produção de livros, matérias jornalísticas, roteiros, conteúdos para sites e blogs e textos publicitários.

Por fim, outra área que costuma atrair os profissionais é a acadêmica. Isso porque, desde a sua formação, o profissional está habilitado a dar aula no ensino fundamental, médio e superior. No entanto, de acordo com a atuação e nível de ensino pretendido, talvez seja necessário expandir seus conhecimentos por meio de um curso de pós-graduação.