Sabedoria em um blog!

Category: Educação (page 1 of 1)

O que você precisa saber sobre o curso de Educação Física?

Antes de iniciar a faculdade de educação física, há alguns pontos importantes que o futuro profissional precisa saber. Assim, estará mais bem preparado para enfrentar todos os desafios da graduação. Para começar, vamos falar que existem dois tipos de curso de educação fisica, o bacharelado e a licenciatura. O primeiro é mais focado no trabalho como educador e orientador físico, sendo assim, depois de formado é possível trabalhar em academias e clubes. Já os licenciados são os únicos que podem trabalhar com o ensino, eles são habilitados a dar aula na área em escolas públicas e particulares, além do Ensino para Jovens e Adultos (EJA) e em escolinhas de futebol.

E os dois formatos desse curso possuem duração mínima de quatro anos. Afinal, esse é o tempo ideal para aprender a teoria e a prática, e estar bem preparado para o mercado de trabalho. Por falar nisso, uma etapa que te ajuda a simular o seu futuro profissional é o estágio supervisionado. Afinal, o estudante terá acesso ao dia a dia de trabalho, participará de atividades importantes e ainda terá ao seu lado um supervisor com experiência para mostrar qual é o melhor caminho a ser seguido.

O estágio também é o momento de fazer contatos profissionais e mostrar suas habilidades e comprometimento. Até porque, há a chance de você ser contratado, depois de formado, pelo mesmo local em que desempenhou o estágio. Ou ainda, ser indicado para outra vaga de emprego. Então aproveite essa oportunidade e mostre o seu melhor.

Como escolher uma faculdade de educação física?

Na hora de escolher uma instituição de ensino para o curso de educação fisica, você precisa ficar atento a alguns detalhes importantes. O primeiro deles é verificar se a faculdade é credenciada pelo Ministério da Educação (MEC) para oferecer essa graduação. Afinal, é esse credenciamento que torna o seu diploma válido no mercado de trabalho ou em outras instituições, quando você for fazer uma especialização, por exemplo.

Também é interessante verificar qual é a grade curricular, ou seja, as disciplinas e assuntos que você aprenderá durante os quatro anos de ensino. Lembrando que na licenciatura, além das matérias específicas da área, o aluno também terá acesso às disciplinas sobre docência e educação no geral. Sendo assim, aprenderá as técnicas para ensinar e contribuir para uma melhor educação no país.

O curso de educação fisica EAD pode ser uma boa opção

O método a distância do curso de educação fisica traz boas vantagens a seus alunos e, por isso, pode ser uma boa opção para você também. Entre elas está a economia de dinheiro. Você sabia que a mensalidade de um curso de licenciatura tende a ser 50% menor no EAD em comparação a uma graduação presencial? Mas, não associe o valor mais baixo com qualidade inferior não. Afinal, ambos seguem as diretrizes do MEC e possuem a mesma base de ensino. Porém, o curso de educação fisica a distância não possui uma grande estrutura física para receber seus alunos diariamente, sendo assim, também não possui os gastos dessa estrutura e pode repassar essa economia ao seus estudantes semanalmente.

Outro ponto positivo é que o EAD respeita as suas individualidades. Sendo assim, você pode estudar quando e onde quiser, só precisa ter ao seu lado um dispositivo com acesso a internet. Assim, pode aproveitar os intervalos do seu dia para assistir as videoaulas ou aprender do conforto da sua casa. Dessa forma, muitas pessoas que não tinham tempo para se deslocar até a faculdade semanalmente, encontraram uma solução para completar seus estudos.

Falando em deslocamento, o aluno da faculdade de educação física EAD realiza quase todas as avaliações e trabalhos online. Sendo assim, consegue otimizar seu tempo, afinal, são menos horas de trânsito por mês e também uma economia com esse deslocamento, seja com o combustível ou com a passagem no transporte público.

Além dessas vantagens e diferenciais, vale falar que o curso EAD possui o mesmo diploma do presencial. Na verdade, não há nenhuma anotação de que o aluno optou por essa modalidade. Essa é uma prova de que a qualidade da educação é a mesma e ambos os estudantes terão boas oportunidades no mercado de trabalho.

Como procurar emprego em uma nova área profissional? Dicas

Encontrar um emprego num novo campo é assustador (mas emocionante!) processo. Como pessoa que mudou de carreira no passado, estou aqui para vos dizer que é uma possibilidade real.

O que não estou aqui para te dizer é que pode acontecer num dia. Não é provável que você possa passar de especialista em redes sociais para um dermatologista certificado pelo Conselho esta semana, mas você pode fazer movimentos para começar o trem. Se você está motivado o suficiente para procurá-los, existem recursos para aprender os fundamentos de alguns dos empregos mais bem pagos contratando hoje.

Inicie como freelancer

Nem toda a gente está em condições de fazer um corte substancial nos salários para, essencialmente, reintegrar a mão-de-obra como trabalhador de entrada. No entanto, com a economia gig crescendo em velocidade relâmpago, você pode molhar seus pés com trabalho freelance em seu campo desejado.

Se você é um contador de 9 a 5 que sonha em ser um artista gráfico, é uma transição muito possível. A crescente economia de gig significa que os projetos freelance estão constantemente sendo oferecidos em sites como Upwork e Fiverr.

Assim que terminar o seu trabalho de contabilidade, arranje um trabalho freelance ou dois. Você pode usar trabalhos menores como estes para construir o seu portfólio. Uma vez construído um corpo de trabalho, você pode encontrar-se na posição de começar a se candidatar a empregos em seu novo campo.

Saiba contar a sua história e definir seus novos horizontes e objetivos

Seja muito frontal em seu processo de entrevista dentro de uma nova indústria. Qualquer empregador inteligente vai reconhecer que a paixão e determinação pode superar até mesmo os conjuntos de habilidades mais refinados.
Ao candidatar-me a empregos numa nova indústria, recomendo que descreva

a sua nova viagem na sua carta de apresentação. Use este tempo e espaço para ilustrar porque a sua experiência parece… diferente dos outros candidatos. É raro um empregador ler uma história interessante numa carta de apresentação.

Nunca é tarde demais para mudar.

O empregado moderno vai trabalhar aproximadamente 5 décadas antes de se aposentar. Certifique-se de que esses anos são tão felizes e gratificantes quanto possível.

Preencha as lacunas de competência

E graças à internet, você pode aprender virtualmente (ha, obtê-lo) qualquer coisa, diretamente do seu sofá. Já cobrimos todos os nossos lugares favoritos para a educação contínua antes—e até oferecemos nossos próprios webinars, recursos gratuitos para download, e cursos on-line. (Tudo ótimo lugar para começar, se você está olhando para indústrias de transição ou preencher lacunas de habilidades.)

Como procurar um novo emprego durante uma crise?

Está na hora de encontrar um novo emprego? À medida que o ano se aproxima do fim, muitas mulheres fazem um balanço natural das suas vidas. O que funciona? O quê? As tuas relações são saudáveis? O seu apartamento precisa de uma limpeza profunda? Certamente procurar vagas em São Paulo durante a crise de desemprego pode ser complicado, mas tudo pode se resolver se souber com quem falar.

À medida que o seu romance com os meses de verão chega a um fim frio, você pode encontrar-se reavaliando relacionamentos, situações de vida, seu estilo de vida e, claro, seu trabalho.

Se te sentires feliz com tudo o que está acima, isso é incrível. Se você se encontrar menos do que satisfeito com a sua situação de emprego, pode ser hora de começar a procurar um novo emprego. E como cada situação de busca de emprego é diferente, nós abordamos algumas opções diferentes de busca de emprego.

Se você está procurando um emprego em sua área, em uma nova indústria, ou em todo o país—nós temos você coberto neste guia.

Como encontrar um emprego online

Muito longe estão os dias em que você pode levar tinta vermelha para a seção Classificados do jornal. Em vez disso, o primeiro lugar que um candidato a emprego moderno procura é na internet.

Procurar trabalho na internet é fácil e difícil. Pelo lado positivo, você pode aplicar a uma série de trabalhos com alguns cliques. Mas aplicar exclusivamente on-line pode levar o candidato a emprego moderno a um abismo. E porque muitas placas de trabalho enviar seu currículo diretamente para um sistema de rastreamento de candidatos (ATS), você pode ser deixado se perguntando se um gerente de contratação real alguma vez vai ver o seu currículo.

Digitalizar qualquer descrição da tarefa para as “palavras-chave” associadas com a tarefa em mãos. Adapte sua aplicação para destacar essas habilidades, a fim de enviar um currículo para você! Sua aplicação é certo de ser compartilhado com o gerente de contratação se você usou as palavras-chave adequadas ao seu perfil.

Use o seu networking

Estudos têm mostrado que 70-85 por cento dos empregos são preenchidos através de alguns meios de rede. A contratação é um processo caro (e demorado) para qualquer empresa. Encontrar um candidato qualificado que já está conectado a um empregado atual geralmente traduzir-se-á para uma opção de aluguer atraente.

É também aqui que a internet se torna um pouco um inconveniente—se um candidato está tentando realizar uma busca de trabalho de baixa visibilidade, ativando toda a sua rede social vai ser difícil.

Plataformas sociais: Linkedin, Facebook e outros sites

Todas as plataformas sociais têm alguma variação de mensagens privadas. Vá em frente e deslize para o DMs de seus amigos que trabalham em sua empresa de sonho ou seu ex-companheiro de quarto que conhece alguém (quem conhece outra pessoa.)

A procura de emprego é uma dor universalmente reconhecida. Toda a gente teve de sair da sua zona de conforto para pedir pequenos favores na sua própria procura de emprego. Então, mesmo que a sua ligação seja pequena, use-a. Encontre uma rede social (ou e-mail se você tiver acesso) na qual seu contato está mais ativo, e não tenha medo de entrar em contato.

Ao compor estas mensagens, seja específico, seja pessoal e seja gracioso. Se você marcar uma conexão (ou mesmo se você não fizer) certifique-se sempre de seguir com uma palavra de agradecimento. Se este tipo de frio entrar em contato freaks você para fora (não se preocupe, você não tem nada a perder), baixar os nossos modelos de rede, onde fizemos a maior parte da escrita para você. Tu consegues.

Nova carteirinha digital para estudantes no Brasil

O Ministério da Educação lançou o aplicativo da ID estudantil que permite digitalizar o documento e assim como o CRLV e a CNH agora também dá para ter o seu crachá oficial no aplicativo, funcionando offline. Com ele será possível se identificar nas universidades ou então no momento de conseguir ingressos para eventos culturais com meia entrada – o que é garantido por lei pela lei 12.-933.

Com o aplicativo que permite fazer a carteira digital estudantil basta fazer o cadastro no site oficial ou então no aplicativo disonível na Play Store ou Apple Store. Antes de virar o ano para 2020 já foram mais de 600 mil alunos habilitados por meio do app, segundo dados do MEC.

Em comunicado em relação a novidade o ex-ministro da educação Weintraub disse que:

“Esperamos gerar um ganho para enorme para a sociedade. Se todos os estudantes do Brasil fizessem a carteirinha como é feita atualmente seria um valor bem superior a R$ 1 bilhão, podendo chegar a R$ 2 bilhões, e o custo que vai ser arcado pelo MEC cai para R$ 12 milhões se o mesmo contingente fizer. Isso é sair de R$ 35 o custo que o aluno tem que pagar para R$ 0,15”,

O valor significativo para a emissão do documento será cobrado diretamente no imposto de quem o pediu, de modo que não será preciso emitir um boleto ou fatura para quitar a dívida.

Quem quiser ainda continuar a usar a carteirinha física não precisará fazer a nova ID digital.  A carteira é válida para todo estudante do ensino fundamental e médico da rede pública de ensino e também para quem está fazendo qualquer curso de pós-graduação, o que inclui cursos de atualização, mestrado, doutorado e pós-doutorado.

Pelo app o estudante também poderá receber notificações e detalhes sobre a escola em que estuda, facilitando assim a comunicação entre estudante e instituição e também unificando as plataformas de interação dessa modalidade.

Existe uma ditadura educacional no Brasil?

As crianças, em seguida, estendem o hino nacional, em frente à bandeira brasileira com seu lema “ordem e progresso”. O objetivo é reforçar um sentimento de orgulho nacional que muitos se sentem perdidos no Brasil nos últimos anos.

De certa forma, parece mais uma academia de polícia do que uma escola. Aqui, a polícia é responsável pela disciplina, deixando a educação para os professores.

Tem sido uma reviravolta, diz O vice-chefe Debora Rodrigues Sales, que vem lecionando nesta escola há 20 anos.

Até alguns meses atrás, você provavelmente veria traficantes de drogas do que oficiais uniformizados no portão da escola. Um sinal disso é a marca de bala na porta de metal, o resultado de um recente tiroteio.Militarização das escolas.

Existem cerca de 120 escolas “militarizadas” no país. Mas a eleição, no ano passado, do Presidente de extrema-direita Jair Bolsonaro, um ex-oficial do exército que prometeu reprimir a violência e melhorar a educação, impulsionou o seu crescimento mais do que nunca.O centro educacional 308 faz parte de um projeto-piloto onde a gestão é compartilhada entre professores e policiais em Brasília. O plano é que o número dessas escolas cresça de quatro para 40 até o final do ano e para 200 até o final do mandato de quatro anos do Presidente Bolsonaro.

No entanto, a Sra. Sales admite que alguns dos seus colegas se foram embora, descontentes com a presença da polícia na escola.

O secretário-adjunto da educação de Brasília, Mauro Oliveira, diz que o movimento controverso foi necessário. “Estamos falando de escolas vulneráveis, estamos falando de drogas lá dentro, professores sendo ameaçados, então precisamos voltar ao básico.”Doutrinação de esquerda”
Mas o foco de Jair Bolsonaro na educação não se concentra apenas na segurança pública. Ele também pediu um fim para o que ele chamou de “doutrinação” por professores de esquerda.Ele tem apontado para um dos mais famosos educadores do Brasil, Paulo Freire, um defensor do ensino do pensamento crítico nas escolas.

O presidente Bolsonaro considera que o Sr. Freire, um socialista que foi brevemente preso durante a ditadura militar de 1964-1985 e que morreu em 1997, desempenhou um papel muito influente na educação brasileira.

O presidente ameaçou “entrar no Ministério da educação com um lança-chamas” para remover os ideais do Sr. Freire.